Investimento > Política Anual de Investimento

Política Anual de Investimento

 

Imagem relacionada   Atendendo à Resolução do Conselho Monetário Nacional - CMN nº 3.922, de 25 de novembro de 2010, alterada pela Resolução CMN nº 4.392, de 19 de dezembro de 2014 e posteriormente pela Resolução CMN nº 4.604, de 19 de outubro de 2017, doravante denominada simplesmente "Resolução CMN nº 3.922/2010", o Comitê de Investimentos e a Diretoria Executiva do Fundo de Previdência Social do Município de Espigão do Oeste, apresenta sua Política de Investimentos, aprovada por seu órgão superior competente.

     A elaboração da Política de Investimentos representa uma formalidade legal que fundamenta e norteia todos os processos de tomada de decisões relativo aos investimentos do Regime Próprios de Previdência Social - RPPS, empregada como instrumento necessário para garantir a considtência da gestão dos recursos em busca do equilibrio econômico-financeiro.

       Os fundamentos para elaboração da presente Política de Investimentos estão concentrados em critérios técnicos de grande relevância. Ressalta-se que o principal a ser observado, para que se trabalhe com parâmetros sólidos, é aquele referente à análise do fluxo de caixa atuarial da entidade, ou seja, o equilibrio entre ativo e passivo, levando-se em consideração as reservas técnicas atuariais (ativos) e as reservas matemáticas (passivo) projetadas pelo cálculo atuarial.